O Flamengo comemora o começo do ano sem lesões, sendo o clube da Série A com a defesa mais sólida

O treinador ressalta o esforço que tem mantido a equipe em boa forma até o fim dos jogos, prevenindo lesões musculares; o único gol sofrido ocorreu durante uma partida da equipe de jovens.

 

                       Hoje (13/02/2024), às 21:30, Flamengo encontra Bangu para uma disputa acirrada.

 

Pagando o jogo que estava pendente da terceira rodada do Campeonato Carioca, o Flamengo se aproximou do líder Fluminense, ficando apenas dois pontos atrás, e consolidou uma estratégia bem-sucedida desde a chegada de Tite. O time agora acumula quatro jogos sem sofrer gols e é, de longe, o menos vazado entre os 20 participantes da Série A de 2024.

Em sete jogos oficiais nesta temporada, o Flamengo apenas foi vazado no empate por 1 a 1 contra o Nova Iguaçu, que foi um dos dois jogos em que Mário Jorge comandou uma equipe de jovens formados na base do clube. Sob o comando de Tite, a defesa do Flamengocontinua imbatível no campeonato estadual.

 

TIME GOLS SOFRIDOS NÚMERO DE JOGOS
Flamengo 1 7
Internacional 2 7
Cruzeiro 2 4
Athletico-PR 3 8
Criciúma 3 7
Vitória 4 8
Juventude 4 7
Grêmio 4 7
Fortaleza 4 6
Atlético-MG 4 4
Botafogo 5 7
Fluminense 5 7
Palmeiras 5 7
São Paulo 5 7
Atlético-GO 6 8
Bahia 6 8
Bragantino 6 7
Cuiabá 6 6
Vasco 7 7
Corinthians 8 7

                                                                  Fonte: ge

 

É importante notar que equipes como Internacional de Porto Alegre e Cruzeiro, que sofreram apenas dois gols cada, assim como Athletico Paranaense e Criciúma, com três gols sofridos cada, tiveram seus times titulares em campo desde o início da temporada, e estão mais próximos do desempenho defensivo do Flamengo.

O Flamengo optou por utilizar jogadores jovens contra o Nova Iguaçu e a Portuguesa porque priorizou uma pré-temporada nos Estados Unidos, onde disputou amistosos contra o Philadelphia Union e o Orlando City. O período de quase duas semanas na Flórida foi crucial para fortalecer fisicamente o elenco, permitindo ao time resistir até o final das partidas e fortalecer seu sistema defensivo.

Fábio Mahseredjian, o responsável pela preparação física do Flamengo, afirmou que a colaboração entre os membros da comissão técnica foi essencial para o time obter uma resposta positiva.

Esse resultado é uma combinação de vários elementos. Estamos colhendo os frutos desse conjunto, que representa o esforço de toda uma comissão técnica diversificada, liderada com maestria por Tite. A avaliação e monitoramento das cargas de treino são sempre realizadas em equipe, envolvendo a participação de todos. Isso significa que não é apenas o esforço individual de um ou dois membros, mas sim o trabalho conjunto de todos. Essa colaboração é o que realmente faz a diferença. Não apenas o meu trabalho ou o de Tite, mas também o de Arthur (Peixoto, preparador), Marlon (Syndara, preparador), fisioterapeutas e todos os demais envolvidos. Essa abordagem contribui para elevar a competitividade dos atletas e melhorar também sua condição física.

A condição física também teve impacto no aspecto ofensivo do time. Nos últimos três jogos, ocorreram momentos decisivos a favor da equipe. Contra o Vasco, Gabigol desperdiçou um pênalti nos acréscimos do segundo tempo. Contra o Botafogo, Léo Pereira marcou o gol da vitória do Flamengo aos 49 minutos do segundo tempo. E no sábado de Carnaval, os dois últimos gols da vitória por 3 a 0 sobre o Volta Redonda foram marcados nos momentos finais da partida.

Mahseredjian também destacou que uma gestão eficiente da carga de trabalho tem ajudado a prevenir lesões nos jogadores. Desde o início da temporada, o Flamengo não registrou nenhuma lesão muscular.

Ademais, a preparação física não se limita apenas aos aspectos defensivos, mas também tem influência direta nas ações ofensivas da equipe. A capacidade de manter um alto nível de desempenho até o apito final tem sido uma característica marcante do Flamengo nesta temporada.

Em suma, a integração entre a comissão técnica, a atenção à gestão da carga de trabalho e a disciplina física dos jogadores têm sido elementos-chave para o sucesso do Flamengo não apenas na defesa, mas também no ataque, contribuindo para resultados positivos nos momentos cruciais dos jogos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Rolar para cima